Viver de Música no Brasil

A vida do músico no Brasil não é fácil.

A gente tem regras complexas de Direito Autoral e um sistema de arrecadação que a maioria dos artistas não domina ou desconhece.

E a primeira implicação disso é evidenciada pela perda de arrecadação. O ECAD tem hoje 1 bilhão de reais retido e não distribuído por problemas de cadastro. Muitos músicos nem sabem quanto dinheiro têm para receber.

Os modelos atuais para resolver isso são os mesmos desde que a indústria fonográfica teve seu início:

  1. Gravadoras Majors

O primeiro modelo e mais conhecido é o das Gravadoras Majors. Esse é o sonho de todo artista e é um modelo que funciona, pois se baseia na injeção de capital para aceleração do projeto. O grande problema disso é que o regime de contratação das gravadoras torna o artista um empregado do seu próprio projeto, compromete grande parte das receitas e ainda retiram sua autonomia e independência artística. E isso pode ser muito trágico.

  1. Faça você mesmo

O outro modelo é o “faça você mesmo”. Se o artista decide ser independente e fazer tudo sozinho a conta fica ainda mais cara. Sem injeção de capital é muito difícil crescer e esse modelo depende de outros intermediários que tornam o processo ainda mais incerto.

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

Com a missão de disponibilizar ao músico suporte especializado para gestão de direitos autorais, linhas de financiamento antes restritas apenas às grandes gravadoras e preservar sua independência artística, nós criamos a L.A..

Somos o primeiro clube de investimentos e gestão de ativos musicais do Brasil e operamos através de uma rede que conecta a música com o mercado financeiro.

A operação do clube é estruturada numa jornada de investimento composta de 4 fases: valuation, captação, aquisição e gestão dos ativos musicais.

A nossa tese de investimento tem por base um algoritmo de avaliação que analisa o histórico de receitas do artista, realiza projeções e simula cenários de investimento.

Nosso time é formado por gente inconformada com o status quo, apaixonada pela música e engajada com a missão de ajudar músicos e artistas a viver de música.

Venha com a gente fazer parte dessa revolução!

Luiz

L.A. Music 

O nosso negócio é a música!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: